Max Wertheimer

maxwePsicólogo checoslovaco, Max Wertheimer nasceu a 15 de abril de 1880, em Praga. Apesar do seu conhecido gosto pela música, que o levou a compor algumas sinfonias, Wertheimer enveredou pelo estudo do Direito na Universidade de Charles, em Praga. No entanto, esta área também não foi de encontro aos seus desejos mais profundos, acabando por se dedicar ao estudo da Psicologia na Universidade de Friedrich-Wilhelm em Berlim. Defensor da Psicologia da forma, Wertheimer interessou-se sobretudo pelo estudo da perceção de estruturas ambíguas e complexas. Em conjunto com os seus colegas Wolfgang Kohler e Kurt Koffka, criou a escola da Gestalt e em 1921 ajudou a fundar o jornal Psychologische Forschung que pretendia ser o órgão central do movimento da Gestalt. Esta escola opunha-se à maneira como os psicólogos entendiam a perceção e a aprendizagem. Wertheimer criticou o sistema educacional da época, que enfatizava a lógica tradicional e a associação, argumentando que os processos de resolução de problemas de agrupamento e reorganização lidavam com estruturas globais, que não eram reconhecidas pela lógica, mas que eram importantes técnicas do pensamento humano.
Em 1933 Werthheimer veio para os Estados Unidos onde deu aulas em Nova Iorque na Nova Escola para Pesquisa Social. Nos últimos anos da sua vida dedicou-se a alguns trabalhos de pesquisa escrevendo alguns artigos. Faleceu a 12 de outubro de 1943 em New Rochelle.

Fonte: infopedia.pt

[fbcomments]